terça-feira, 17 de março de 2009

Autor da Semana: Miguel Sousa Tavares

Miguel Andresen de Sousa Tavares nasceu no Porto, a 25 de Junho de 1952.

Filho da poetisa portuguesa Sophia de Mello Breyner Andresen e do advogado Francisco Sousa Tavares, começou a sua vida profissional pela advocacia, que abandonou em favor do jornalismo, de onde passa para a escrita literária. Tem uma obra diversificada, essencialmente marcada por crónicas e reportagens, mas fez já outras digressões literárias, nomeadamente com a publicação de um livro infantil, de vários contos e do romance "Equador", um best-seller em Portugal durante 2004 e 2005. Em 2007, publicou seu segundo romance, "Rio das Flores", numa tiragem de 100 mil exemplares.

Colabora actualmente com o jornal "Expresso", com a estação de televisão TVI, onde é comentador. Contribui também, semanalmente, para o jornal "A Bola" onde escreve uma coluna com o nome "Nortada".

Sousa Tavares foi acusado pelo blog freedomtocopy de plágio literário em "Equador", algo a que responde como infundado e totalmente irresponsável: segundo Sousa Tavares, "um dos suspeitos é bloguista do Bloco de Esquerda que gosta de pôr coisas anónimas, por uma questão de traumas pessoais, e o outro é um escritor falhado e invejoso, cuja produção literária consiste em destruir os outros". O livro em questão chama-se no original "Cette nuit la liberté" de Dominique Lapierre e Larry Collins, e foi lido por 35 milhões de leitores, segundo informação da editora Pocket.



Obras:

Equador, 2003
Anos Perdidos, 2001
Não Te Deixarei Morrer, David Crockett, 2001
Sul, Viagens, 2004 (Edição Ampliada)
O Segredo do Rio, 2004
Um Nómada no Oásis
O Dia dos Prodígios
O Planeta Branco, 2005
Rio das Flores, 2007




Fonte: Wikipédia

2 comentários:

Paula disse...

Adorei "O Equadro", Gostei "Rio das flores", do Miguel e do que ele diz é que não gosto muito :)

Dreamfinder disse...

Adoro este senhor e os magníficos livros que escreve. ;)